A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Stress

O viciado

Stress (1982)
0 OUT_OF 50 OUT_OF 50 OUT_OF 50 OUT_OF 50 OUT_OF 5 0 Classificações
Adicionar esta música ao playlist
O viciado

Letras

O Viciado

Jamais conseguirei entender 
A personagem que eu represento aqui 
Perdido sem saber o que houve 
Nem tão pouco o que virá 
Inibiram meus instintos 
Fui domado feito um animal 
Os anos vão cada vez mais depressa 
E eu vegetando

Se não há saída 
Por que não mudar 
Correr contra o tempo 
Sair desse lugar 
Bento a ferro e fogo 
Não me deixo acorrentar 
Quero ser livre 
Quantas vezes eu quiser

Sigo sempre a mesma rotina 
Nem ao mesmo sei para onde vou 
Já conseguiram fazer a minha cabeça 
Fui viciado no cotidiano 
As verdades calam-se a boca 
A aos pouco vou desaprendendo a falar 
Vou acabar não mais lembrando quem sou 
Nem o que quero

Se não há saída 
Por que não mudar 
Correr contra o tempo 
Sair desse lugar 
Bento a ferro e fogo 
Não me deixo acorrentar 
Quero ser livre 
Quantas vezes eu quiser

 


Publique nas redes sociais

Hits 147
« Stressencefalodrama Stress Músicas Mata o réu »